CPI comprovará que Previdência é superavitária, diz Paim

Em encontro da CUT-PB, parlamentar apontou que comissão iniciará trabalhos em abril.

Escrito por: CUT-PB

CUT-PB

A oito dias do grande ato contra a Reforma da Previdência, que será realizado nessa sexta-feira (31), a Central Única dos Trabalhadores da Paraíba (CUT-PB), juntamente com movimentos sociais, centrais sindicais e partidos políticos de esquerda, participaram na última sexta-feira (24) do “Seminário “Contra a Reforma da Previdência Social e em Defesa dos Direitos Trabalhistas” com o senador Paulo Paim (PT-RS).

Diante de um auditório lotado do SINTTEL-PB, o secretário-geral da CUT-PB, Joel Nascimento, apontou que o evento gerou uma grande mobilização de diversas categorias de trabalhadores.

“O clima que está sendo dado com essas assembleias, audiências públicas e seminários em torno do desmonte da Previdência Social proposto por esse governo golpista e ilegítimo. Isso tem estimulado ainda mais o movimento para dar sequência a esse enfrentamento. Os males que a reforma traz já permearam toda a sociedade e agora vem a grande expectativa com a CPI da Previdência, proposta pelo senador, que vai mostrar a realidade do que acontece, escancarando a maldade, uma vez que quer retirar dos pobres um rombo feito pelos ricos”, avaliou.

O senador Paulo Paim é autor da CPI da Previdência, que tem o objetivo de combater a fraude, a sonegação e a corrupção na Previdência Social e provar que a Previdência é superavitária. “Vamos instalar ela em abril e iremos ter todas as condições de provar a farsa que é essa proposta de Reforma da Previdência”, afirmou.

Na mesa do debate também estiveram presentes a senadora Fátima Bezerra (PT-RN), os deputados estaduais Frei Anastácio (PT-PB) e Anísio Maia (PT-PB), o deputado federal Luiz Couto (PT-PB), o vereador Mmarcos Henriques (PT-PB) e a secretária da Mulher Trabalhadora da CUT-PB, Luzenira Linhares.

Paulo Paim relembrou que esse é um dos piores governos que o país já teve, além de ilegítimo, desde seu inicio ficou claro qual era seu objetivo, quando extinguiu o Ministério da Previdência criando uma secretaria coordenada por um funcionário de um fundo privado.

Mobilização Nacional 31 de Março 

Nessa próxima sexta-feira, 31 de Março, será realizado o Dia Nacional de Lutas contra as Reformas da Previdência e Trabalhista. A concentração do ato está prevista para as 15h, em frente ao Lyceu Paraibano, em João Pessoa. Diversas cidades paraibanas também já se organizam para realizar mobilizações.

Fonte: CUT